YOU. UNLIMITED.

Voge ER-10: O futuro já está aqui

A Voge, marca Premium do gigante Loncin, apresenta-nos a sua última criação: a moto elétrica ER-10, equivalente a uma 125 cc e que, como tal, reúne os requisitos para permitir a sua condução com carta B, de automóvel, a partir dos 25 anos, sem trâmites adicionais. Tanto pela sua tecnologia como pelo desenho, a ER-10 comporta muitas soluções inovadoras, como o seu potente motor trifásico com refrigeração líquida, quadro perimetral de dupla trave em alumínio e um desenho que rompe com moldes. Estará disponível a partir de março em todos os pontos de venda Voge.

Após se ter estreado no mercado no ano passado, com a sua família de motos nas cilindradas de 300 e 500 cc, a Voge, marca premium do gigante asiático Loncin, completa a sua gama com esta ER-10: uma moto que não só reúne as tendências de topo mais atuais na tecnologia dos veículos elétricos, como reforça essa imagem de moto do futuro com um design original e inovador, no qual se salienta a parte posterior suspensa, que começa mesmo à frente do eixo do braço oscilante, deixando suspenso todo o assento, transmitindo uma forte sensação de leveza.

Este design futurístico é acompanhado por um quadro único no mundo da moto, que envolve o corpo do veículo de forma perimetral com uma estrutura de dupla trave construída em liga leve de alumínio, unindo a coluna de direção com o eixo do braço oscilante, que também recorre ao alumínio para reduzir o peso do conjunto (122 kg com a bateria incluída).

Precisamente sobre o braço oscilante, entre o seu eixo e a roda posterior, está situado o motor que propulsiona esta ER-10, disposto de forma a permitir que se mantenha uma tensão constante da corrente de transmissão à roda, independentemente do curso da suspensão, garantindo assim uma longa vida útil a este elemento. Este motor foi produzido pelo especialista asiático JWT e conta com dois importantes argumentos: funcionamento trifásico e refrigeração líquida. O circuito de refrigeração também cobre a eletrónica do controlador, conseguindo uma maior eficiência do motor pela estabilidade das temperaturas de funcionamento, sobretudo quando trabalha na sua potência de pico de 8,9 kW (12,1 CV) às 3.500 rpm, dispondo de uma potência nominal de 6 kW (8,2 CV) às 4.660 rpm. Como é habitual nos motores elétricos, o motor JWT disponibiliza uma excelente resposta desde regimes muito baixos, com um binário de 190 Nm ao eixo do motor e 41 Nm à roda, números muito acima dos que oferece uma moto de 125 cc.

A alimentação está a cargo de uma bateria Samsung de polímero de lítio composta por 384 células de 2600 mAh, formando um conjunto de 60V e 70Ah com um peso de 30 quilos. O carregador fornecido proporciona uma elevada corrente de carga de 20ª, conseguindo a carga a 100% em apenas 4 horas. A bateria está protegida com um sistema de gestão BMS que monitoriza a totalidade das células perante sobrecargas ou descargas, incluindo curto-circuitos, com um equilíbrio que isola a célula afetada para que tudo continue a funcionar.

A cablagem do circuito elétrico foi reduzida ao mínimo, ao adotar o protocolo de comunicações CAN Bus, que emprega um só cabo central para comunicarem entre si os diferentes componentes eletrónicos.

A ER-10 conta com dois modos de condução: um económico que reduz a velocidade máxima a 50 km/h, velocidade máxima legal em trajetos urbanos, e outro desportivo com o qual se alcança uma velocidade máxima de quase 100 km/h. A autonomia segundo as normas WTC é de 130 km rodando a uma velocidade de 30 km/h, reduzindo-se para 45 km em autoestrada mantendo uma velocidade constante de 90 km/h. É possível aumentar bestas autonomias em cerca de 5% aproveitando a travagem regenerativa com a retenção do motor, ao cortar ‘gás’ tanto em descidas como travando.

É claro que não podia faltar a tecnologia de iluminação LED em todos os seus componentes. O farol emprega dois módulos de alta intensidade sobrepostos para os feixes de médios e máximos, situando-se os dois focos DRL por cima e em ambos os lados do farol.

A sua instrumentação baseia-se em dois ecrãs digitais com retroiluminação adaptada à luz exterior por meio de um sensor crepuscular. O ecrã principal integra a informação mais importante a consultar: velocímetro, nível de carga da bateria de forma percentual e gráfica, autonomia estimada e relógio. No segundo são mostrados os avisos de manutenção, modo de condução e os conta-quilómetros total e parcial simultaneamente, para além de sete luzes de aviso.

Outro pormenor importante a destacar é o emprego de uma chave inteligente para ativar à distância a moto através de dois botões integrados no comando, a que se junta um terceiro que permite localizar o veículo num estacionamento.

No que respeita a suspensões, a ER-10 não se poupa, dispondo de uma forquilha invertida com bainhas de 37 mm e um curso de 115 mm, acompanhada no trem posterior de um monoamortecedor de funcionamento progressivo (com bielas) e ajustável em pré-carga.

Em termos de travões, a Voge ER-10 também está sobredimensionada. As suas jantes de 17 polegadas, com largos pneus desportivos, dispõem de travões de disco de 280 mm de diâmetro no trem dianteiro, com pinça flutuante de duplo pistão, e, atrás, um disco de 220 mm com pinça de pistão simples. De série conta-se com um modulador de ABS com dois canais independentes.

Dinamicamente conseguiu-se uma repartição de pesos de 50% em ambos os trens, ao que se junta um triângulo ergonómico assento/poisa-pés/guiador muito estudado para se adotar uma postura de condução erguida e cómoda, com que se consiga um controlo da moto muito ágil nas mudanças de direção, sobretudo em circulação urbana.

Como pormenor prático, a ER-10 dispõe de um compartimento de carga por cima da bateria com 16 litros de capacidade, no qual se inclui uma tomada de corrente USB para carregar um telemóvel ou utilizar um navegador GPS.

A nova e revolucionária Voge ER-10 estará disponível em duas cores – branco e negro – e começará a sua distribuição em todos os pontos de venda oficiais Voge a partir do mês de março. O preço da nova ER-10 é de 6.545,00€. Contará com uma promoção de lançamento de 300,00€ pode que poderá ser adquirida por 6.245,00€.

ESPECIFICAÇÕES ER10
Quadro Tipo de quadro Perimetral em alumínio
Pesos Peso em ordem de marcha (kg) 122
Dimensões Distância entre eixos (mm) 1410
Altura do assento (mm) 800
Distância livre ao solo (mm) 235
Comprimento x Largura x Altura (mm) 2020 x 800 x 1140
Ângulo da coluna de direção (º) 26
Trail (mm) ——–
Tipo de motor JWT, íman permanente síncrono, 3 fases
Refrigeração Líquida
Voltagem de funcionamento (V de DC) 60
Motor Potência de pico máxima (kW/rpm) 8,9/3500
Potência nominal máxima (kW/rpm) 6,0/4660
Velocidade máxima(km/h) 90
Binário máximo (Nm/rpm) 12,3/4660
Transmissão Corrente e engrenagens do motor à roda
        Relação interna de caixa: 2,1  (42/20)
        Relação final de caixa: 2,66 (40/15)
        Relação total: 5,6
Norma ambiental Euro 5
Requisitos Emissão de CO2 (gr/Km) N/A
ambientais Consumo de energia (Wh/Km) 56
Autonomia homologada segundo WMTC (km) 75
Autonomia a 30 Km/h (km) 135
Autonomia a 50 Km/h (km) 100
Tipo Lítio
Nº de células 384
Peso de bateria (kg) 30
Bateria e Capacidade (Ah) 62,4
carregador Voltagem (V) 59,2
Carregador Externo
Tempo de carga 4h (20A)
Sistema de arranque Elétrico
Roda dianteira 110/70-17 M/C 54H
Roda traseira 140/6017 M/C 63H
Suspensão dianteira Forquilha invertida de 37 mm,
(117 mm de curso)
Ciclística Suspensão traseira Amortecedor com biela
(58 mm de curso)
Travão (dianteiro) Disco (280 mm), pinças de 2 pistões (ABS)
Travão (traseiro) Disco (220 mm), pinça de 1 pistão (ABS)
Sistema Instrumentação Velocímetro digital
elétrico Conta-quilómetros total e parcial digital
Medidor de carga da bateria
Indicador de revisão
Relógio
Indicador de avaria do ABS
Informação de autonomia
Equipamento Descanso lateral
Kit de ferramentas
Interruptor de sinal de luzes
Interruptor de descanso lateral
Interruptor de paragem de emergência
Luzes de emergência
Iluminação Full LED
Modos de funcionamento ECO/SPORT
Sistema de arranque sem chave
Tomada USB

catálogo completo de motos VOGE con precios, fichas técnicas y opiniones

650DSX

650DS

500DSX

500DS

300DS

TRAIL

500R

300R

500AC

300AC

300DS

300ACX

ER10

650DSX
650DS
500DSX
500DS
300DS
650DSX
650DS
500DSX
500DS
300DS